quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Sony PRS-505

Fabricante: Sony
Data de lançamento: Outubro de 2007
Menus de navegação: Em Inglês
Ficheiros suportados: PDF, TXT, RTF, LRF, LRX, MP3, AAC, JPG, GIF, PNG, BMP
Preço: cerca de 300 dólares / 200 euros (Janeiro de 2008)
Disponibilidade: sítio da Sony e outros revendedores

O Sony PRS-505 é um leitor dedicado de livros electrónicos. Usa a tecnologia e-ink e tem 8 escalas de cinza. Pode ser ligado ao computador através de USB / USB-Mini. (Alguns utilizadores relatam problemas em ligá-lo a computadores que não PC.)

Suporta auscultadores de 3,5mm para ouvir música.

Suporta cartões SD de 2 GB (alguns utilizadores afirmam ter utilizado cartões de 4 GB) e Memory Stick Pro Duo da Sony (até 8 GB). A memória interna é de 210 MB.

Deixar o dispositivo em modo de suspensão sem ler nenhuma página esgotará a bateria em algumas semanas. A leitura de algumas páginas por dia esgotará a bateria em cerca de uma semana. Ouvir música a partir do dispositivo esgotará a bateria em poucas horas. Ler a partir dos cartões SD irá esgotar a bateria mais rapidamente.

Não é possível utilizar o dispositivo para jogar jogos ou navegar na internet. Não dispõe de ligação sem fios nem de luz de fundo.

É possível comprar livros electrónicos em formato proprietário a partir da loja da Sony em http://ebookstore.sony.com . (Nenhum disponível em Português.)

É impraticável ler ficheiros PDF neste dispositivo pois as letras aparecerão muito pequenas. (Alguns sítios especializam-se em criar ficheiros PDF especialmente pensados para o 505, como o www.feedbooks.com ). Os ficheiros RTF também precisam de ser especialmente tratados, usando uma letra grande e a negrito.

É possível comprar acessórios para o PRS-505, tais como capas e luzes LED exteriores para ler no escuro.

O Sony PRS-505 está disponível em cinzento, azul-escuro e cor-de-rosa (especial Dia de São Valentim).

A garantia-base é de 1 ano para trocas (90 dias para reparações). É possível adquirir garantias mais prolongadas no sítio da Sony.

A Sony vende apenas para os Estados Unidos e a maioria dos outros revendedores também tem políticas de limitação ao território dos EUA. Isto prende-se com questões de licenciamento de direitos autorais.

Ricardo F. Diogo: Dentro dos dispositivos que conheço que usam e-ink, é o mais barato e bonito. Namorei durante mais de um ano o seu antecessor, o Sony PRS-500, esperando que fosse lançado na Europa. Quando o Sony PRS-505 foi lançado e o Velho Continente foi deixado de fora, decidi abandonar a ideia de comprar um. Não estava disposto a esperar por um lançamento no Reino Unido, adiado imensas vezes. Não me agradava ter uma garantia de apenas 90 dias para a mão-de-obra e ter de o enviar para os Estados Unidos caso tivesse algum problema. Decidi comprar um leitor da concorrência. Se estivesse à venda em Portugal, teria sido a minha escolha.

(Veja: Vídeos no Youtube com o Sony PRS-505)

1 comentário:

Raffaello disse...

Estou a ver que sempre gostaste muito destas coisas. :P